buscar

Notícias

Volkswagen Revive Tradição Histórica com Virtus Conversível para Lula e Alckmin

Após sua participação como veículo de destaque na visita presidencial, o Virtus Cabrio encontrará seu lugar no acervo da Garagem VW.
Publicado em Notícias dia 6/02/2024 por Alan Corrêa

Na tarde ensolarada desta sexta-feira, a Volkswagen do Brasil mergulhou nas páginas da história automobilística nacional ao reviver uma tradição que remonta ao ano de 1959. Em uma cerimônia marcada pelo anúncio de ampliação de seus investimentos no país, a montadora transformou um Volkswagen Virtus Exclusive em um elegante conversível, reacendendo uma prática que se tornou emblemática ao longo das décadas.

A iniciativa busca homenagear e reviver um momento histórico no cenário automobilístico brasileiro: a circulação do Presidente da República pela fábrica da Anchieta, em São Bernardo do Campo (SP), a bordo de um veículo conversível. Esta tradição teve início em 1959, quando o então presidente Juscelino Kubitschek e o governador Carvalho Pinto desfilaram pelos corredores da fábrica em um icônico Fusca conversível, acompanhados pelo presidente da Volkswagen no Brasil, Wilhelm Shultz-Wenk, e pelo presidente do grupo Volkswagen, Henrich Nordhoff.

Ao recriar este momento histórico, a Volkswagen não apenas homenageia o passado, mas também estabelece uma ponte entre gerações, conectando o legado da indústria automobilística nacional com os avanços e inovações do presente.

Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, durante visita à linha de produção da da Volkswagen, em São Bernardo do Campo. São Bernardo do Campo – SP. Foto: Ricardo Stuckert / PR

Nesta última cerimônia, o Presidente Lula e o vice-presidente, Geraldo Alckmin, percorrendo os corredores da fábrica da Anchieta a bordo do Virtus conversível. O CEO da VW do Brasil, Ciro Possobom, teve a honra de conduzir o veículo, acompanhado pelos ilustres passageiros.

Juscelino Kubitschek acena a bordo de um Fusca conversível, dirigido por Wilhelm Shultz-Wenk, presidente da Volkswagen no Brasil, com Henrich Nordhoff, presidente do grupo Volkswagen, no banco de passageiros. (Imagem: Volkswagen/Divulgação)

Fotos desta celebração evocam uma atmosfera de nostalgia e respeito pela história, destacando a importância desses momentos simbólicos na trajetória da indústria automobilística brasileira. E não é a primeira vez que a Volkswagen se empenha em manter viva essa tradição: em ocasiões anteriores, a montadora já havia criado conversíveis especiais para presidentes e autoridades circularem pela fábrica da Anchieta.

Em 1993, por exemplo, durante a reinauguração da linha de montagem do Fusca na mesma fábrica, o então presidente Itamar Franco emocionou os presentes ao desfilar em um Fusca conversível especialmente preparado para a ocasião. Dez anos depois, em 2003, o presidente Lula e o governador Geraldo Alckmin participaram de uma cerimônia marcante que celebrava os 50 anos da fábrica, reeditando a mesma foto histórica de 1959.

Um Fusca foi convertido em um conversível para marcar o relançamento do modelo em 1993. (Imagem: Memorial da República Presidente Itamar Franco/Divulgação)

Em 2005, outra ocasião memorável marcou a comemoração dos 15 milhões de veículos produzidos pela fábrica da Anchieta. Lula e Alckmin novamente estiveram presentes, desta vez a bordo de um VW Fox conversível, guiado pelo presidente da VW do Brasil na época, Hans Christian.

Lula e Alckmin participam da celebração dos 50 anos da fábrica da Anchieta em 2003 (Foto: Ricardo Stuckert/Presidência da República)

Esses eventos não são apenas momentos protocolares; eles representam a conexão entre o passado e o presente, entre a memória histórica e a inovação tecnológica. E ao manter viva essa tradição, a Volkswagen reforça seu compromisso não apenas com a excelência na produção automobilística, mas também com a preservação e valorização da história do Brasil.

Em 2005, a Volkswagen criou um Fox conversível para celebrar a marca de 15 milhões de carros produzidos no Brasil. (Foto: Ricardo Stuckert/Presidência da República)

Além disso, essa iniciativa destaca a importância das parcerias entre o setor público e o setor privado na promoção do desenvolvimento econômico e industrial do país. A colaboração entre o governo e as empresas automobilísticas não apenas impulsiona o crescimento do setor, mas também fortalece a identidade nacional e promove a cultura e o patrimônio histórico do Brasil.

Em um momento em que o país enfrenta desafios econômicos e políticos, gestos como este servem como lembretes poderosos da resiliência e da capacidade de superação do povo brasileiro. Ao celebrar a tradição e a inovação, a Volkswagen não apenas escreve mais um capítulo na história da indústria automobilística brasileira, mas também inspira as futuras gerações a continuarem construindo um futuro promissor para o país.

Este evento não é apenas uma cerimônia; é um testemunho do poder transformador da indústria automobilística e do papel fundamental que ela desempenha no desenvolvimento econômico e social do Brasil. E ao olharmos para o futuro, podemos ter certeza de que a Volkswagen e outras empresas do setor continuarão a desempenhar um papel vital na construção de um país mais próspero, justo e sustentável para todos os brasileiros.

Virtus Cabrio: Um Projeto Especial da VW do Brasil para a Visita Presidencial na Fábrica da Anchieta

O Virtus Cabrio une tradição e inovação, com sua cor Azul Biscay e motor 250 TSI, criando um veículo exclusivo e marcante.

A Volkswagen do Brasil apresentou um projeto especial que remonta à sua história automobilística: o Virtus Cabrio. O sedã, conhecido por seu amplo espaço interno e conforto, foi transformado em um veículo exclusivo para a visita presidencial à fábrica da Anchieta, em São Bernardo do Campo.

Essa iniciativa, que ocorreu durante o anúncio sobre o novo ciclo de investimentos da marca no Brasil, destaca o compromisso da Volkswagen em combinar tradição e inovação. O Virtus Cabrio, pintado na cor Azul Biscay e equipado com motor 250 TSI, é uma fusão de atributos das versões Highline e Exclusive, evidenciando a atenção aos detalhes por parte da equipe de desenvolvimento.

Uma equipe de trinta profissionais enfrentou o desafio de entregar o Virtus Cabrio em apenas seis semanas.

O processo de criação desse veículo especial envolveu uma equipe de cerca de trinta profissionais da área de Desenvolvimento do Produto, que enfrentaram o desafio de entregar o carro em apenas seis semanas. A remoção do conjunto do teto exigiu adaptações estruturais, como reforços na carroceria e aumento do assoalho, para garantir segurança e conforto aos ocupantes.

Ao longo do processo, novas peças de acabamento externo foram desenvolvidas, incluindo partes de fechamento das colunas e portas, bancos e tanque de combustível. Além disso, modificações nos sistemas eletrônicos do veículo foram realizadas para garantir um desempenho adequado.

O Virtus Cabrio junta-se a uma lista seleta de veículos especiais produzidos pela Volkswagen do Brasil para ocasiões de visitas presidenciais.

O Virtus Cabrio junta-se a uma lista seleta de veículos especiais produzidos pela Volkswagen do Brasil para ocasiões de visitas presidenciais à sua planta. Desde 1959, quando o primeiro Fusca conversível foi construído, a montadora tem mantido essa tradição, incluindo o Polo Sedan em 2003 e o Fox em 2005.

Após sua participação como veículo de destaque na visita presidencial, o Virtus Cabrio encontrará seu lugar no acervo da Garagem VW, ao lado de outras relíquias automotivas, esportivos e protótipos da marca. Essa decisão reforça o valor histórico e colecionável desse modelo único, que representa não apenas a inovação técnica, mas também a tradição e o legado da Volkswagen do Brasil.

*Com informações da AgênciaBrasil, Terra, GovBr e VWNews. Foto de capa por Ricardo Stuckert/Presidência da República.